Naviraí/MS, segunda-feira 8 de agosto de 2022

PIS/PASEP: liberado último lote do abono salarial; saiba todos os detalhes

Confira a data de pagamento dos outros lotes, como ter acesso ao dinheiro e quais canais de consulta

Da redação, em

Está sendo pago nesta quinta-feira (31), o último lote do abono salarial do PIS/PASEP ano-base 2020 para trabalhadores da iniciativa privada. Para esse público, a Caixa Econômica iniciou o pagamento em 8 de fevereiro e prosseguirá com a liberação até esta quinta, 31 de março, baseada no mês de nascimento do beneficiário.

O calendário de pagamento pelo Banco do Brasil do abono salarial para os trabalhadores do setor público já foi finalizado no último dia 24 de março. O pagamento para essa categoria começou a ser feito em 15 de fevereiro, com base no dígito final da inscrição do servidor.

O abono de até um salário mínimo é pago aos trabalhadores inscritos no PIS (Programa de Integração Social) ou no PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) há pelo menos cinco anos. Recebe o abono agora quem trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2020, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

Trabalhadores da iniciativa privada — do PIS — que recebem pela Caixa Econômica Federal:

Trabalhadores do setor público — do PASEP — que recebem pelo Banco do Brasil:

Quem tem direito ao PIS/PASEP?

Os trabalhadores que exerceram atividade no ano de 2020 são os que podem receber até R$ 1,2 mil. Além disso, é necessário ter cumprido pelo menos 30 dias de trabalho no ano de referência. A quantidade de meses trabalhados determina o valor a ser recebido de abono, que varia de R$ 101 a R$ 1.212.

O benefício do PIS não é pago aos empregados domésticos. Isso porque o abono salarial exige vínculo empregatício com uma empresa, não com outra pessoa física. Jovens aprendizes também não têm direito.

Dessa forma, terão direito ao PIS-PASEP 2022 apenas quem se encaixa nos seguintes critérios:

Ter recebido por pelo menos 30 dias de trabalho em 2020.

Atuado com carteira assinada em 2020.

Ter recebido, em média, no máximo dois salários mínimos mensais em 2020.

Estar inscrito no PIS-Pasep há pelo menos 5 anos.

Que o seu empregador tenha atualizado seus dados na Rais (Relação Anual de Informações Sociais).

Vou receber o abono salarial?

Para saber se terá direito ao PIS/PASEP, basta consultar a Carteira de Trabalho Digital ou o portal gov.br, pelo link https://www.gov.br/pt-br/servicos/sacar-o-abono-salarial.

Além disso, há possibilidade de realizar consulta ao canal 158 do Ministério do Trabalho e Previdência, bem como das unidades presenciais da pasta.

Pela Carteira de Trabalho Digital, é necessário que o trabalhador atualize o aplicativo. Depois, basta acessar a aba ‘benefícios’ e ‘abono salarial’ em seguida. Assim, será possível visualizar valor, dia e banco

1,6 milhão trabalhadores incluidos

Mais de 1,6 milhão de pessoas são incluídas para receber até R$ 1,2 mil, saiba se está na lista

O governo federal incluiu mais de 1,67 milhão de trabalhadores na lista para receber até R$ 1,2 mil do abono salarial do PIS-PASEP 2022. Isso ocorreu após reprocessamento de dados do Dataprev.

Os resultados podem ser consultados por meio do portal Gov.br ou do aplicativo da carteira de trabalho digital.

Ou seja, caso os dados do trabalhador estejam corretos e o torne elegível ao benefício, espera-se que ele receba o abono salarial em data que ainda será divulgada para recebimento.

Compartilhe
Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Print
Email

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

#Veja tambem