Naviraí/MS, segunda-feira 8 de agosto de 2022

Mato Grosso do Sul registrou 12,1 mil casos e 45 óbitos por Covid-19 em junho

Número é 3,7 vezes menor em relação ao mesmo período do ano passado

Da redação, em

Dados do Painel Mais Saúde – Covid-19 apontam que 12.180 testes positivos e 45 óbitos por Covid-19 foram registrados de 1º a 30 de junho de 2022 em Mato Grosso do Sul.

O número é 3,7 vezes menor em relação a junho de 2021, mês da pandemia com maior número de casos de Covid-19, com 44.686 confirmações.

Mato Grosso do Sul enfrentou o pior momento da pandemia em junho de 2021, época em que internações e mortes atingiram o ápice, hospitais estavam superlotados e sem medicamentos para tratamento da doença, mês em que pacientes precisaram ser encaminhados para outros estados e pessoas faziam fila em cemitérios para enterrar vítimas.

Em Mato Grosso do Sul, o recorde de internados ocorreu em 8 de junho de 2021, quando 1.339 pessoas encontravam-se hospitalizadas no intervalo de 24 horas.

Já o recorde de mortes ocorreu em 12 de junho de 2021, quando 73 pessoas perderam a vida para a doença em um único dia.

Panorama geral

Dados do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) apontam que 548.757 pessoas testaram positivo para Covid-19 e 10.626 morreram vítimas da doença até 28 de junho de 2022 em Mato Grosso do Sul.

As cidades que possuem as maiores quantidades de casos positivos são Campo Grande (196.685), Dourados (51.997), Três Lagoas (30.557) e Corumbá (20.666).

Ao todo, 533.395 pessoas se recuperaram da doença até junho de 2022.

Os primeiros casos de Covid-19 em Mato Grosso do Sul foram confirmados em 14 de março de 2020, quando uma mulher de 23 anos e um homem de 31 anos testaram positivo para a doença.

Já o primeiro óbito por Covid-19 ocorreu em 31 de março de 2020, quando uma mulher de 64 anos, residente no município de Batayporã, perdeu a vida para a doença.

Sintomas da Covid-19

É possível que o cidadão esteja infectado com o vírus da Covid-19 caso apresente os seguintes sintomas:

  • Febre
  • Tosse seca
  • Perda do olfato
  • Perda do paladar
  • Falta de ar
  • Dificuldade para respirar
  • Dor ou pressão do peito

Transmissão

O meio de transmissão da Covid-19 se dá por inalação ou contato com gotículas de saliva, secreções respiratórias ou superfícies contaminadas. Portanto, a transmissão pode ocorrer por meio de:

  • Tosse
  • Espirro
  • Catarro
  • Apertos de mão
  • Contato pessoal próximo
  • Contato com objetos contaminados

Prevenção

Existem inúmeras formas de se prevenir o contágio e proliferação da Covid-19. Confira:

  • Vacinação contra Covid-19
  • Uso de máscara
  • Uso de álcool gel
  • Lavagem das mãos com água e sabão
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca
  • Não compartilhar objetos pessoais
  • Ventilar ambientes
  • Evitar aglomerações e espaços fechados

Compartilhe
Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Print
Email

Fonte:

Correio do estado

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

#Veja tambem